expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sábado, 24 de março de 2012

Diary | Aukward moments


Sair da última aula do dia, Contextos Profissionais, às 16h30 para apanhar o comboio da CP, na linha do Sado das 16h40, chegar a meio da linha, mais precisamente entre Setúbal e Palmela e o comboio parar no meio do nada...sem qualquer explicação...

O que aconteceu foi que, um homem decidiu matar-se na linha do comboio. O homem foi colhido pelo comboio onde eu e os meus amigos íamos.
Mas a versão da história no jornal correio da manhã diz que supostamente o homem caiu e não percebi bem o porquê ou como, até porque a linha tinha uma vedação bem alta..  só vai parar a linha do comboio quem realmente quis saltar para o meio da linha...

Conclusão: ficámos cerca 1 hora e meia dentro do comboio sem saber de nada, apenas a ver carrinha do INEM e da PSP a passar. Até que passámos para o comboio do lado através de uma rampa para deficientes que foi aberta para o outro comboio da linha ao lado.

Foi um dia de nervos para esquecer.

Comecei as férias da pior maneira possível!

C.C

Um comentário:

  1. era impossível o homem ter caído, não sei de onde tiram essas conclusões, no máximo a família pediu para manipular a noticia para as pessoas não o verem como um fraco que não teve coragem de aguentar a vida.

    ResponderExcluir

Obrigada pela tua visita! Responderei a todos os comentários na respectiva publicação.

C.C