expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

domingo, 31 de maio de 2015

Wishlist #4 | Room Decor



Hello!

Hoje decidi trazer-vos umas quantas coisinhas boas, absolutamente lindas de decoração e que estão na minha wishlist !

Os primeiros artigos são da loja primark.






Artigos que encontrei pela Internet e que estão também na minha wishlist.





C.C



quinta-feira, 28 de maio de 2015

Factos #25 | Gif's


#25

Eu, aqui perante vós, perante toda a blogosfera e restante Internet e arredores assumo:

sou viciada em imagens GIF.

Vá, podia ser viciada numa coisa pior, não é verdade?

Nota-se assim tanto?



C.C

Quando não ter férias é bom sinal.



Este ano, se tudo correr bem não terei férias!

Agora devem estar a achar que sou louca aí desse lado (XD).. Não amigos, eu não estou louca (ainda), eu passo a explicar. Acreditem que é muito bom sinal porque para quem está neste momento a passar pelo que eu passei, só tem é de agradecer a todos os santinhos se isto de não ter férias acontecer. Eu que posso dizer que estou de "férias" desde o final do mês de Dezembro do ano passado até agora, que foi quando terminou o meu contrato, a última coisa em que tenho pensado é em ter férias como devem imaginar.. Aquilo que mais queria era trabalho e dinheiro ao fim do mês. 

Não vou dizer que não me sinto um bocadinho triste lá bem no fundo por saber que não vou poder ir uns 4 dias ou uma semaninha com o namorado numas pequenas férias para a terra para descontrair,  namorar e esquecer o mundo. Mas pronto, como em tudo temos de pensar no lado positivo das coisas. Por outro lado também ele está a trabalhar e tão cedo não terá férias.. So, pensamento positivo, foco e fé e vamos masé em frente!

E vocês? Com trabalhinho ou nem por isso?


C.C


Amizades II


Há amizades de vários tipos e até de cores diferentes como se ouve agora. Como é normal, também eu tive e tenho algumas amizades, umas mais recentes e outras de muitos anos. Com o passar do tempo algumas vão se perdendo inevitavelmente, como em tudo na vida. Principalmente as de muitos anos, como as do tempo de infância; essas perdi-lhes completamente o rasto, nunca mais as vi e sinceramente da minha infância não tenho assim nada ou quase nada de bom a ressaltar...

Perde-se mesmo o contacto como disse, ou simplesmente a pessoa não valoriza a amizade que tem contigo da mesma maneira que tu e isso acaba por quebrar qualquer relacionamento, é inevitável. As amizades são diferentes, porque as pessoas também são diferentes e agem de maneira diferente. Por umas serem mais próximas de ti e outras nem por isso ponto final. Depois há as amizades de muitos anos, dos tempos de escola e os amigos que conheces no presente e com quem te relacionas esporadicamente que simplesmente ou mantens contacto  e essa pessoa acaba por se transformar numa pessoa importante da tua vida (se assim for) ou simplesmente vai desaparecendo, por vários motivos. Depois há aquelas amizades tão cliché que todagente tem ou teve que é simplesmente a pessoa com quem tu esbarras no autocarro e momentaneamente se trocam 3 palavras e cada uma segue a sua vida..


Com o passar dos anos, tornei-me numa pessoa mais reservada, fechada. Por segurança e por me aperceber que certas coisas são melhores se não saírem cá para fora para não correr o risco de ir parar a ouvidos estranhos. Para pessoas com quem não lido frequentemente principalmente opto por ser assim e para os que me são muito próximos, isto é, para aqueles que são mesmo os meus melhores amigos, posso dizer que tento não ser tão reservada mas meço bem as coisas que digo e como digo. Não por ter medo de ser julgada mas por achar por vezes que há certas coisas que são muito nossas e que não temos necessidade de partilhar. Quando necessito de desabafar, contam-se pelos dedos de uma mão as pessoas a quem recorro. Umas por terem uma vida demasiado agitada, que nos últimos anos tem contrastado bastante com a minha própria vida ou simplesmente por achar que certos assuntos prefiro partilhar com aquela pessoal especial e em quem confio a 100%.

A questão que coloco aqui para vocês é a seguinte: 

Os amigos que vão ter contigo falar acerca de outros amigos e conhecidos serão teus amigos de verdade? Isto é, não  estarão a fazer o mesmo contigo? Ou seja, não estarão eles próprios a falar de ti e da tua vida para outros?


Deixo-vos esta questão no ar. Façam o favor de comentar com a vossa opinião.


C.C

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Mais de 30.000 visitas no blogue!



Hello!

Para não deixar passar o momento em branco, venho aqui para celebrar o facto de o blogue ter já atingido as 30.000 visitas ontem ! ^.^


Muito obrigada ! *

C.C

Do maldito calor...



Sim, eu disse maldito. Nunca disse que gostava de estar sob um calor insuportável. 

Caro S. Pedro, que se passa aí em cima? Estamos em Maio.. Este calor insuportável já se faz sentir desde o início do mês.. Não achas que é demasiado cedo e um bocado exagerado?

Será pedir muito não acabar uma aula de condução com a sensação de corpo mijado? É um bocado embaraçoso e chato caminhar pela rua com a roupa colada ao corpo a parecer um homem das obras...


Obrigada.



C.C

terça-feira, 26 de maio de 2015

Photo of the day #68 | Oportunidades


 O dia de hoje que posso dizer-vos, foi de facto especial. Foi positivo por ter sido um bom passo em frente.

Não vou entrar muito em pormenores mas, esta foto foi tirada hoje após ter ido a uma entrevista de trabalho (sim mais uma) e desta vez foi de vez! Após a entrevista, fui para uma esplanada próxima do local para fazer tempo, visto que ainda tinha 1 hora até à minha 2ª aula de condução e fui então devorar este gelado maravilhoso !

Sobre as aulas? Bem, estão a correr muito bem. Hoje pela primeira vez saí da escola com o carro e dei uma volta com ele por aqui e gostei bastante. Amanhã será a minha 3ª aula.


Se estou contente? Sem dúvida que sim! Agora só resta aquele nervoso miudinho e alegria ao mesmo tempo.

Desejem-me sorte amores *
Tenham uma óptima semana 

C.C



Finger's Crossed.






Finger's crossed, bitch ! 

C.C

domingo, 24 de maio de 2015

Photo of the day #67 | Domingos



Hello!


Que tal está a ser o vosso fim-de-semana?

O meu fim-de-semana resumiu-se a isto: limpezas, preguiça,blogue, compra da prenda de aniversário do namorado e lanchinho pecaminoso com os papás na maravilhosa padaria portuguesa que abriu na cidade de Almada. Já conhecia o espaço. já tinha tido a oportunidade de ir a umas três padarias portuguesas em Lisboa, mas os meus pais ainda não e por isso, lá fomos nós!

Esta semana será cheia (espero eu), se assim for significa uma mudança positiva na minha vida e na minha rotina, que tanto preciso. A começar já na 2ª feira com a minha primeira aula de condução!!! aiaiaiaiii..

Meus amores, desejo-vos uma óptima semana *

C.C

sábado, 23 de maio de 2015

hey hey hey



Hello!

Desculpem lá a minha ausência blogosférica nestes últimos 3 dias mas enfim, uma pessoa nem sempre tem algo a dizer nem assunto para tratar aqui. Não é que hoje em particular, quase à 00:00 tenha algo de interessante para vos dizer mas, eu como não consigo estar muito tempo sem escrever para vocês, sem dizer absolutamente nada sobre alguma coisa, here i am! 

Well, a boa notícia será então que para a semana, na 2ª feira ao final da tarde vou ter a minha primeira aula de condução. Nervosa? Com medo? Claro que não..

AHHHHHH!!


Foi preciso ligar para lá, once again para reclamar da situação para finalmente me dizerem para ir lá pessoalmente marcar as aulas, não é engraçado? (not) Bem, mas finalmente !

Bom, por agora é isto. Eu sei, a minha vida é super entusiasmante, super animada, há sempre algo novo a acontecer ! (só que não)

Fiquem desse lado *

Bye*  ;)

C.C



terça-feira, 19 de maio de 2015

Voltar a estudar, uma realidade infeliz e bem possível.


Hello!

Meus caros leitores, uma pessoa até chega a sentir-se velha e olhem que só tenho ainda 22 anos, só de dizer a seguinte frase: voltar a estudar. Dá a sensação de uma pessoa que já acabou os estudos à uma ou duas décadas e agora tem de voltar a escola. Infelizmente, não deixa de ser uma realidade cada vez mais possível hoje em dia em qualquer faixa etária. Falo-vos por experiência própria, que estou de momento a viver um impasse. Não trabalho porque não tenho experiência mas também não me dão experiência sem ser a partir de trabalho, certo? A verdade é que nem para uma coisa nem para outra alguém quer dar essa oportunidade.

Qual é a "solução" já apontada por algumas pessoas? Ah e tal, volta para a escola, vai tirar  um curso que tenha empregabilidade!

Agora eu pergunto: então e quando acabar o curso? Dão-me trabalho? Ou vou voltar à mesma ladainha da falta de experiência? É que se for assim, é um ciclo vicioso sem fim à vista....

HELP ME, DAMN IT!!



C.C

Um ano depois...


E do nada, está quase a fazer um ano. Está quase a fazer um ano, mais precisamente a 1 de Junho que terminei uma etapa importante da minha vida. Etapa importante, marcante para qualquer ser humano neste planeta. Acabei o meu estágio, terminei a minha licenciatura, tive a minha queima das fitas e festa de formatura junto de familiares e amigos. Está quase a fazer um ano que abri os olhos e da pior maneira possível. Acordei para a realidade.

Acabei o curso confiante, confiante que não seria assim tão complicado arranjar emprego e começar uma vida independente financeiramente. Apesar de ter sempre algum receio, obviamente. Porque afinal, era tudo novo para mim e ainda hoje sinto isso. As pessoas que me conhecem bem e convivem comigo diariamente sabem disso muito bem... Eu acabei o curso com uma perspectiva "mellhorsinha" do que a minha vida está a ser neste momento, tentando ser alegre e positiva em relação ao que iria ser o meu percurso profissional após a licenciatura.

Passaram-se meses e meses e aqui estou eu, a recordar esse momento. Já nada vai ser igual, esses momentos não se vão repetir e infelizmente não podemos recuar no tempo. Se calhar, se soubesse o que sei hoje tinha feito outras escolhas, mas é assim a vida. Resta-nos seguir em frente porque olhar para trás não nos vai servir de nada.

Tenho estado a receber alguns pedidos de amigos da faculdades, colegas de curso para escrever as fitas deles porque terminam este ano o curso, daí a minha nostalgia. Cá dentro, confesso que sinto um bocado pena deles, na medida em que, eles vão passar a etapa que eu e milhares de pessoas passaram e vão muito provavelmente aperceber-se, se é que ainda não se aperceberam, que as coisas não vão ser assim tão cor-de-rosa.. quando estamos na faculdade é tudo muito "bacano" e tranquilo porque estamos a estudar e a fazer aquilo que gostamos, sem termos que nos preocupar muito com a parte profissional e com o nosso futuro no mercado de trabalho. Ao mesmo tempo fico contente por eles obviamente, terminaram uma fase importante da vida deles com sucesso e devem continuar a lutar pelos sonhos deles.

Com isto, só tenho de lhes desejar a maior sorte do mundo e para terem muita paciência, força de vontade e persistência. Sem isto, torna-se ainda mais complicado atingirem os objectivos deles.

C.C


The Perks of being Portuguese #2


#2

Ser português e jovem a viver em território nacional é, querer começar uma vida a dois, querer sair da casa dos pais, querer ser independente e o querer não passa disso. É não ter direito a futuro, é não ter direito a nada. Absolutamente nada.

Ser português é ter os avós a promover um tecto por cima deles próprios e de familiares apesar das dificuldades e da escassez. É sustentar os filhos e os netos, as mulheres dos filhos e dos netos e quem mais vier.

C.C

The Perks of being portuguese #1


Hello!


Decidi criar uma nova rubrica aqui no blogue e que a meu ver, não poderia ser mais propositado e actual ! Trata-se de ser português cá dentro. Vamos lá ver se esta rubrica não evolui para: "The perks of being portuguese out there". É triste ter que conter a revolta, a vergonha e o nojo de quem nos governa cá dentro e cuja única forma de "alívio" se é que isso é possível é escrever sobre isto. Sobre as dificuldades, sobre a nossa infeliz identidade.

Espero que gostem, e que se sintam no direito de comentar.

Vamos a isso?


#1

Ser português em Portugal na actualidade é, ter 65 anos ou mais e não ter direito a reforma. Mesmo na doença, pessoas com cancro e outras incapacidades são obrigadas a trabalhar até morrer. Isto é, não têm então sequer o direito a gozar da sua reforma na sua velhice para o qual trabalhou a vida inteira e ainda se prejudica os jovens, visto que não lhes é dado qualquer hipótese...


C.C

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Photo of the day #67 | Another day...



Mehhh.. just another day...

Como foi a vossa semana? Por aqui continua tudo igual, como já devem ter percebido.. Tirando os recentes acontecimentos que foram notícia na comunicação social durante esta semana, que eu simplesmente prefiro nem comentar....Lamentável!

Tenham um óptimo fim-de-semana!


p.s: recuso-me a adoptar a porcaria do novo acordo ortográfico..

C.C

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Tag | That's True - As respostas :D


Eis a resposta à Tag anterior. Quais os 5 factos sobre mim que são falsos? Vejam aí quais erraram em baixo :D

1- Adoro animais! - Verdade! Eu não adoro, eu amo!
2- Não sei fazer arroz em condições, isto é, sem parecer cimento.. Mentira! (Isto só me acontece se tiver de fazer arroz em grandes quantidades porque se fizer só para mim ou para 2 pessoas fica óptimo)
3- Não gosto de exercício físico Verdade! Não se notou já? XD
4- Nunca andei de avião Verdade!
5- Já fui à Disneyland Resort Paris, em 2009 Verdade! (Fui para França de autocarro)
6- Estou ansiosa para pintar o cabelo, Verdade!
7- Gostava de fazer uma tatuagem (pequena), Verdade!
8- Conheci duas das minhas melhores amigas no Secundário, Verdade!
9- Nunca fui a um festival de Música. Verdade!
10- Adoro cinema mas é muito raro ir.. Verdade!
11- Sou apaixonada pela mesma pessoa à mais de 8 anos Verdade!
12- Adoro comida chinesa e japonesa ! Verdade!
13- Tenho medo de aranhas, baratas, tudo o que é insecto nojento x.x Verdade!
14- Tenho medo do escuro Mentira! 
15- Sou viciada em compras Verdade!
16- Detesto programas sobre Futebol, Verdade!
17- Sou do F.C.Porto. Mentira! Sou do S.L.Benfica !
18- Vou ficar noiva este ano Mentira! Este ano ainda não, mas quem sabe para o ano? :)
19- Já fiz gelatina que parecia sola de sapato.. Verdade! Yahh, aconteceu-me na 1ª vez que fiz gelatina ;__;
20- Tenho a mania das dietas mas acabo por fazer asneira ! Verdade!
21- Quero ir a Inglaterra, Verdade!
22- Já tive o vício dos animes e dos Mangás, mas já me passou... Verdade!
23- Já tive um cão como animal de estimação em criança. Mentira! Nunca tive nenhum cão mas tive pássaros e um coelho anão lindo.
24- Estou super nervosa e ansiosa para começar a conduzir Verdade!
25- Gostava de arranjar um emprego/trabalho Verdade!

Que tal? Conseguiram acertar em todas? :D

C.C

quarta-feira, 13 de maio de 2015

DIY | Restauro de Caixa para brincos II


Hello!

Ainda na saga dos DIY (Do it yourself), trago-vos a 2ª parte daquilo que tenho andado a fazer aqui por casa com o meu tempo livre. Ontem mostrei-vos esta mais pequena a que não dava uso e agora venho mostrar-vos esta caixa linda bem grande que me foi oferecida por duas das melhores amigas à uns aninhos e que decidi dar um up no visual : ) 

O antes:

O depois:

O interior de ambas está assim:

Forrado com um material fofo em preto, para proteger melhor as peças.


Como disse no post anterior, eu para a caixa grande tinha ficado de construir uma 2º prateleira interior (se é assim que posso chamar) para acondicionar e aproveitar melhor o espaço, visto que que a caixa é alta. Vou tentar fazer isso amanhã. Comprei hoje uma espécie de tabuleiro em madeira mas aquilo para cortar à medida que quero dá muito trabalho, tive hoje durante um bocado a colocar medidas e a tentar cortar aquilo com um serrote.. 

Que acham? Gostaram das mudanças? : )

C.C

terça-feira, 12 de maio de 2015

.



A cada dia, tento acreditar mais nisto. Ser positiva acima de tudo. 
Apesar de saber que nem todos os dias sou assim, há dias em que nos deixamos ir muito abaixo.

Que se torne real aquilo que sonhei um dia.  


C.C

DIY | Restauro de caixas de madeira I


Hello !!

Quem me conhece sabe que desde sempre que ando sempre a fazer ou a pensar em projectos! Projectos esses que passam por construir coisas ou  até mesmo alterar ou melhorar alguma coisa que tenha aqui por casa e isso deve-se ao facto de eu ter uma veia de artista (brincadeira). Eu sempre adorei  trabalhos manuais e com o tempo que tenho livre gosto de fazer este tipo de coisas.

Cortar, colar, pintar, desenhar, construir ! Tornar alguma coisa mais bonita e prática : )

Tenho andado a adiar e a adiar e desta vez foi de vez. Comprei ontem duas bisnagas de tinta acrílica e decidi hoje por mãos à obra.

O que utilizei?

- 1 pincel para tinta acrílica,
-1 lixa (de grão médio),
- folhas de jornal para cobrir o chão e não sujar tudo,
- Bisnagas de tinta acrílica (com a cor que querem aplicar ou para fazerem a cor)
- luvas para não ganharem bolhas nas mãos (só usei as luvas após fazer uma bolha no polegar-.-)..

Tenho as mãos doridas de tanto lixar e ganhei uma bolha no polegar.. 

Esta caixa era da minha irmã, já tem portanto uns aninhos. Já tive algumas vezes para a mandar fora porque não a estava a usar e como estava um bocadinho feia com o excesso de camadas de tinta que foi levando ao longo do tempo, foi uma coisa em que pensei... O único problema dela era apenas ter camadas e camadas de tinta (por último de uma cor horrível,. cinzento escuro quase preto) porque eu quando era nova tinha mania de a pintar por cima de pintura e assim sucessivamente... 

Tive de a lixar toda antes de a poder pintar e ficou assim


Esta é portanto a primeira cor que esta caixa teve, azul claro..

Comprei estas duas bisnagas mas acabei por usar apenas a bisnaga vermelha.


O Resultado foi este (não pintei o fundo porque pretendo colocar um tecido preto):


Agora estou a alterar a minha caixa grande dos brincos. Caixa essa que já mostrei aqui no blogue. Já estava com o papel que a cobria envelhecido devido à humidade e ao tempo que ela já tem e como estou a alterar a decoração do quarto para algo mais moderno e simples (estou aos poucos a tirar as coisas com demasiadas cores e padrões daqui do quarto). Vou ficar assim com as duas iguais, da mesma cor. 

A caixa grande vai ter uma segunda divisória por cima para poder rentabilizar mais o espaço.

Depois mostro-vos o resultado final da outra com umas fotos melhores para poderem ver.

Gostaram? Também sou adeptas deste trabalhos DIY? : )

C.C

domingo, 10 de maio de 2015

Tag | That's true!


Olá meus amores!

Venho responder a esta tag porque a dona Tim do blogue Os Devaneios da Tim, decidiu marcar-me, a marota!
A Tag That's True consiste em dizer 25 factos sobre a minha pessoa em que 20 são verdadeiros e 5 são falsos. Cada uma de vocês tem cinco tentativas para tentar adivinhar os falsos factos.

25 Factos sobre a minha pessoa:

1- Adoro animais! 
2- Não sei fazer arroz em condições, isto é, sem parecer cimento..
3- Não gosto de exercício físico 
4- Nunca andei de avião
5- Já fui à Disneyland Resort Paris, em 2009
6- Estou ansiosa para pintar o cabelo,
7- Gostava de fazer uma tatuagem (pequena),
8- Conheci duas das minhas melhores amigas no Secundário,
9- Nunca fui a um festival de Música
10- Adoro cinema mas é muito raro ir..
11- Sou apaixonada pela mesma pessoa à mais de 8 anos
12- Adoro comida chinesa e japonesa !
13- Tenho medo de aranhas, baratas, tudo o que é insecto nojento x.x
14- Tenho medo do escuro
15- Sou viciada em compras
16- Detesto programas sobre Futebol,
17- Sou do F.C.Porto
18- Vou ficar noiva este ano
19- Já fiz gelatina que parecia sola de sapato..
20- Tenho a mania das dietas mas acabo por fazer asneira !
21- Quero ir a Inglaterra,
22- Já tive o vício dos animes e dos Mangás, mas já me passou...
23- Já tive um cão como animal de estimação em criança
24- Estou super nervosa e ansiosa para começar a conduzir
25- Gostava de arranjar um emprego/trabalho

Agora é a vossa vez de responder ! E já agora, quais são os meus 5 factos falsos? 
Conseguiram adivinhar? :D

Vou nomear:


C.C







Blogger insatisfeita | #24


#24

Nunca estou contente com o aspecto do meu blogue. Será doença? É que já vi muita gente por aí a sofrer do mesmo.....À uns dias mudei o aspecto dele e sinceramente o cabeçalho está-me a irritar e tenho vontade de o refazer nonstop!


That's me!


C.C

Things i love #4



Ver televisão sozinha à noite no conforto da minha cama no meu quarto. Adoro.

É de valor o tempo que demorei para conseguir aceder aqui ao blogue a partir da minha tablet para vos poder escrever este post..

Até amanhã amores! Tenham um óptimo domingo! :)


C.C

As amizades e cenas


Porque este deve ser um tema bastante recorrente na vida de qualquer pessoa deste planeta (de certeza absoluta) porque afinal, somos todos humanos e como tal, seres sociais nós querendo ou não, muito ou pouco, ao longo da nossa vida nos vamos cruzando com outras pessoas acabando por as conhecer e por aí adiante, elas vão ficando ou simplesmente se vão. Ao longo do percurso de vida de cada um de nós, há sempre aqueles que nos marcam, negativamente ou positivamente ou simplesmente são as pessoas a que costumo chamar de "neutras" porque são as pessoas que passaram pela nossa vida mas que simplesmente não nos marcaram em nada.. são as típicas pessoas do olá e adeus e mais nada, até que certo ponto, na grande maioria das vezes, acabam por se tornar pessoas estranhas, desconhecidas novamente. Acabando uns por ficar pelo caminho, saem da nossa vida por várias razões possíveis  e outros que permanecem na nossa vida. 

Inevitavelmente, também eu tenho as "pessoas da minha vida". Pessoas essas que passaram pela minha vida de uma maneira ou de outra e que se podem dividir sumariamente por: aquelas que permanecem e as que saem da minha vida, seja por opção minha ou da própria pessoa. 

Tudo isto para dizer que lamento que as pessoas simplesmente decidam deixar de nos falar, que as pessoas deixem de se querer dar connosco sem motivo nenhum, sem nada ter acontecido para isso acontecer... 
O meu tempo de secundário não foi a melhor coisa do Mundo, bem longe disso até. Muito resumidamente, posso dizer-vos que a minha turma era uma espécie de grupo grande de desconhecidos, completamente. Esse grupo grande constituía-se por grupos "sociais" pequenos... Ora, até agora nada de novo, correcto? Até porque pelo que sei é plenamente normal este tipo de situações em tudo o que é escolas primárias, básicas ou até mesmo secundárias (viva o ensino superior!)..
O problema não era bem esse, era por ser tudo regido à base das aparências, do tipo de pessoas que eram socialmente aceites nesses grupos. Os cochichos uns com os outros, os dramas, as personalidades estúpidas e reduzidas de alguns e inevitavelmente, podiam-se contar pelos dedos de uma mão as pessoas que realmente prestavam. Acreditem, numa turma de 20 e tal alunos safavam-se 3 ou 4, not kidding....

Curiosamente, esses únicos seres que realmente prestavam, que se podiam contar pelos dedos de uma mão são os que se mantém até hoje, curioso não? Foi durante o meu secundário que fiz as minhas duas melhores amizades. São as minhas melhores amigas até hoje. O que tem ocorrido ao longo destes anos, é que mesmo até as pessoas com quem falávamos mais ao menos, até essas hoje são capazes de fingir que não nos conhecem na rua.

A razão deste meu texto enorme é pura e simplesmente esta situação, referida acima. Para quê? Porque é que fazem isso? Apesar da turma não ter sido perfeita em tempo algum, não creio que haja necessidade das pessoas simplesmente fingirem que não se conhecem, certo?

Um à parte e para concluir este "testamento", curiosamente estas mesmas pessoas que nos fazem isto são as mesmas que estão todas contentes e aptas a marcar um jantar de turma para todos nós, muito amiguinhos *cof cof* nos reencontrarmos porque gostamos todos uns dos outros e realmente nos importamos com as pessoas... *gargalhada* 

É pá, a sério?? Sim, isto é real. 

E depois há aquelas pessoas com quem tentas entrar em contacto via Internet. porque pessoalmente não é possível e nem sequer aceitam o teu pedido de amizade e depois também há aquelas que só te querem adicionar para andar a coscuvilhar a tua vida inteira mas na rua fingem que não te vêem.

Isto podia dar aqui uma autêntica telenovela mexicana mas sinceramente, não merece a pena,

C.C

sábado, 9 de maio de 2015

Das aulas de condução



Não meus queridos, não. Por mais estranho, estúpido ou ridículo que seja eu ainda não comecei as minhas aulas de condução. Após ter ligado para a escola à umas quantas semanas, após ir lá pessoalmente para perceber o ponto da situação, após semanas e semanas em espera, continuo na mesma.

Já passou mais de um mês desde que fiz o exame de código e continuo à espera para começar as aulas.

MALDITA escola de condução! Se eu soubesse o que sei hoje tinha-me inscrito noutra. Lá terei de ir novamente para a semana pessoalmente para tirar satisfações e para me chatear a sério, isto é, se não me contactarem para começar as aulas no início da semana.


Que ódio !!

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Eu e as expectativas | #23


#23


Não cries expectativas, nunca. Sejam altas ou baixas, não as tenhas porque o mais certo de acontecer é acabares por dar uma valente queda. Aterras de cara no chão.


Tenta, volta a tentar, insiste sempre a pensar no melhor para ti e pronto. Não fiques à espera do retorno porque se houver retorno, óptimo para ti. Se não, ao menos não ficas em baixo, não te desiludes nem vais de cara ao chão!

Faças o que fizeres, do not create expectations. Falo por experiência própria. 

C.C

Vergonha podia ser o meu nome do meio | #22


#22


Passar vergonhas é a minha cena, sempre foi e assim continuará a ser, cada vez mais noto isso na minha curta vida..  É uma das muitas coisas que me define, é um dos meus pontos de personalidade... 

Vergonha podia bem ser o meu nome do meio.

Oh vida, que mal fiz eu?

C.C

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Diz que agora é a sério.... | New In#61


À tanto tempo que não fazia um post de compras, saudades porra ! Vim então mostrar-vos as recentes aquisições.. nada de especial, o importante aqui é o meu colchão para me obrigar a fazer exercício em casa.

Ela diz que agora é a sério.. (pelo menos  já não tem desculpa....) 


- Colchão p/pilates, Decathlon - 2,95€
- Conj. de 4 limas para unhas, Primark - 1€

C.C

terça-feira, 5 de maio de 2015

#21 | Oh no it's not...


#21



It's not when you're unemployed..

Bahh i need my cardio training... ;__;




FOOD | Massa Integral com legumes


Hello!

Hoje decidi trazer-vos o meu almoço e jantar de hoje para vos inspirar! Para quem está na onda de mudar hábitos alimentares para algo mais saudável, aquilo que vos posso sugerir por experiência própria, pesquisas e em conversa com a minha médica é realmente para apostarem em alimentos do género: produtos integrais (pão, massas, arroz), muitos legumes e fruta e evitando comer muitas vezes na semana a carne e o peixe, simple as that! Isto claro, mais indicado no meu caso porque pretendo perder algum peso e seguir uma alimentação mais saudável.

Para quem necessitar de algo mais rigoroso seja para uma pessoa que tenha uma saúde mais frágil ou simplesmente precisa de perder mais peso, terá que fazer muito mais do que isto, por exemplo abolir o leite animal da alimentação e fazer exercício físico regular.

Quem me segue sabe que eu tenho andado a mudar alguns hábitos alimentares e esta é mais uma prova disso mesmo. Espero que gostem e que me deixem a vossa opinião/sugestão.


Bom, isto parece confuso mas não é assim tanto... isto basicamente foi uma experiência que decidi fazer hoje para ver como é que eu me adaptava aos bróculos cozidos com massa, porque eu na verdade nunca gostei de bróculos, eu odeio bróculos, cá em casa eu simplesmente não como mas eu descobri à uns tempos que gosto de os comer assim não muito cozidos na Wok com massa e aquele molho inglês ou de soja, dá-lhes outro gosto e não se torna enjoativo para mim o facto de não saberem a bróculo cozido desfeito (que eu detesto o sabor)..

Ora, eu não tenho cá em casa uma Wok nem nenhum dos molhos que mencionei, mas decidi experimentar na mesma. A massa estava comestível, boa mesmo, comi-a toda e fiquei orgulhosa porque consegui comer uma coisa 100% saudável e feita por mim. Há algumas coisas no entanto que eu vou ter em atenção para a próxima vez que fizer esta ou outra receita, ora vejam:

Ingredientes que usei (e coisas que vou melhorar para a próxima):

- 2 dentes de alho, (para a próxima devo colocar mais 1 ou 2 alhos)
- azeite (um bocadinho menos talvez porque sabia muito a azeite),
- massa integral penne (podem usar qualquer massa que gostem)
- bróculos cozidos,
- 1/2 cenoura às rodelas,
- sal e pimenta q.b
- 1/2 courgete às rodelas fininhas (cortar aos quartos é melhor)
- milho

(Adicionem os legumes que gostarem)

Um à parte:

Eu usei 2 rodelas minúsculas de chouriço como podem ver na imagem (eu sei que não é saudável mas eu decidi recorrer em última instância para tentar dar gosto à comida visto que isto só me estava a saber a azeite blahh)... De qualquer modo não resultou visto que eu acrescentei o dito cujo já quase no fim, e usei somente 2 rodelinhas aos bocadinhos e portanto não largou gosto nenhum na comida..

Que acharam? Aconselhariam-me algum ingrediente? Sugestões?


C.C

mêscincodoanodoismilequinze



E de repente, estamos no mês de Maio. Estamos portanto quase quase a meio do ano, de mais um ano que passou a correr e nem demos por isso... Este ano de 2015 não está até agora a ser o mais feliz. Tenho a perfeita consciência que há sempre quem esteja pior e que supostamente as coisas não estão assim tão tão más (ainda). Mas não estão bem, e isso para mim é um problema suficientemente grande e preocupante. O pior disto tudo ainda, não é só o nosso estado no momento, o facto das coisas não estarem a correr bem agora mas no medo constante, diário de não saber com o que contar no dia seguinte. Sem saber o que esperar, fazer ou dizer. Afinal, eu pergunto-me todos os dias: como é que vai ser daqui para a frente? quais são as minhas possibilidades? ajuda !? Preciso de um mapa.. O que é que eu posso fazer para mudar de vida?

Não está a ser nem de perto nem de longe o ano que eu esperava ou desejava pelo simples facto de que esperava que algumas coisas acontecessem, seguissem o seu rumo e não é nada disso que está a acontecer, infelizmente. São coisas que eu valorizo bastante e que eu pessoalmente considero serem básicas, essenciais porque me permitem ser feliz e independente. Coisas essas que qualquer ser humano neste planeta tem direito, merece poder vivenciar para seguir com a sua vida para a frente com normalidade. 

Eu sei que a cada dia que passa, há centenas de pessoas como eu que receiam o futuro. Simplesmente não conseguem encarar o dia-a-dia, não têm forças para acordar demanhã, não têm estaleca, não têm nada simplesmente que as faça manterem-se activas, despertas durante o dia e façam algo de útil sem ficarem cansadas por tudo e por nada all freaking day long!
Há semanas que pedia uma luz ao fundo do túnel, neste momento peço algo concreto, uma saída, mesmo que temporária que me permita respirar por uns meses até surgir algo melhor.

Help!