expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Amigos por conveniência.


Amigos por conveniência. Quem nunca?
Quem nunca foi trouxa? Quem não foi já o amigo trouxa ou teve um amigo trouxa? Pois é....




Nos meus 23 anos de existência, já fui trouxa obviamente, quem nunca? Agora a questão é: já abriste a pestana ou ainda não?
Já desabafei algumas vezes aqui no blogue e por vezes até apontei o dedo sobre situações deste género. Irrita-me solenemente que me tentem fazer de parva uma vez e depois continuam a insistir na brincadeira, e por isso mesmo abri o olho de vez.

A questão aqui é bastante simples, a pessoa foi minha colega de escola e sempre foi aquele tipo de pessoa que só se aproximava de alguém quando estava completamente sozinha, juntava-se a ti como um plano B sabem? Porque pelos vistos não conseguiam andar sozinhas pela escola ou por onde quer que fosse. Ao que parece era muito mau não se estar rodeada de amigos (não sei porquê) e assim combatiam a solidão mas quando fizessem amizade com alguém de "estatuto social superior", viravam-te as costas e nunca mais vinham ter contigo. 

Passados anos desde essa infeliz altura, em que ingénua ainda alinhava no esquema e estendia sempre a mão, hoje digo basta.

Basicamente a pessoa só te procura quando precisa, - "Oohhh mas onde é que eu já vi isto !?", dizem vocês. Pois é.... A situação que vos conto é recorrente e da última vez que falámos, o(a) dito(a) cujo(a), queria ajuda para uma coisa Ajudei, mais que uma vez, todos os dias que me lembrava lá ia eu dar o meu contributo.. Passados uns dias, a pessoa ganha o concurso e misteriosamente desaparece pela milésima vez da minha lista de amigos do facebook e agora adivinhem, passados meses desde o misterioso desaparecimento.  a pessoa quer amizade novamente pela milionésima vez.... Mas sabem que mais? 


ENOUGH is ENOUGH. 

Interessante a capacidade que o ser humano tem de desenvolver de forma tão "subtil" uma estratégia de "pseudo-amizade temporária" para conseguir aquilo que quer, até combina cafésinhos contigo se for preciso, mas claro que esses cafésinhos nunca chegam a acontecer porque depois a pessoa desaparece misteriosamente e caga-se mesmo para a tua existência.


C.C

7 comentários:

  1. tenho uma amiga assim e quando se lembra de mim é para me rebaixar -- oh gentxi!

    ResponderExcluir
  2. Penso que sei de quem estás a falar mas não tenho a certeza... Não posso-me fazer de santa porque já me aproveitei de pessoas no passado. Espero que saibas que gosto muito de ti apesar de as vezes não parecer tão fofa como devia. E apesar de esta publicação não ser direccionada para mim, serviu-me um pouco o capucho na situação dos "cafés", peco com alguns amigos meus ao ponto de ficar de combinar coisas com eles e acabar por não o fazer por falta de tempo ou dinheiro.
    Desculpa se não tenho estado tão presente na tua vida como devia.
    Gmdt ♥
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hello ! ♥
      A sério, quem? XD
      Não conheces a pessoa, ela foi minha colega no secundário ^^

      I love you too <3 Não te preocupes :)

      Excluir
    2. Podias estar a falar da R., mas acho que essa não te diz mesmo nada ne?

      Excluir
    3. Ahh nem me lembrei dela ter sido minha colega no secundário vê lá, como nós na altura não nos conhecíamos XD
      A rapariga em questão foi da minha turma no secundário, a R. não :)
      Esta faz questão de pedir coisas e desaparece como aconteceu recentemente, pediu-me ajuda para um concurso, ganhou e nunca mais ouvi falar nela... enfim !

      Excluir
    4. É normal... as vezes esquecem-se que as pessoas têm sentimentos e que podem sentir que estão a ser usadas para um fim. Mas pronto, tens pessoas melhores na tua vida, não precisas dela.

      Excluir

Obrigada pela tua visita! Responderei a todos os comentários na respectiva publicação.

C.C