expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Diary | Calma e serena.



Estou de volta.

Se calhar ninguém se apercebeu, mas estive mesmo off do mundo estes últimos 3 dias. Estive literalmente a rezar  (e a praguejar bastante tal era o meu estado) para que o maldito fim-de-semana passasse. E passou. 

Hoje é finalmente 2ª feira e estive de folga. Mais uma vez off, mas desta vez, para descansar (dormi até às 11h e tal), a namorar e apanhar ar. Agora estou com uma imensa necessidade de tempo livre para fazer as minhas coisas que não tive tempo nestes últimos dias, tipo arrumar o quarto, é que isto parece um cenário de guerra tal é a desarrumação e os milhões de cabelos espalhados pelo chão do quarto (quem vive comigo já sabe como é)...

O que se passa é que no sítio onde trabalho, há pouco respeito pelas pessoas, pelos trabalhadores (acredito que isto seja assim um pouco por todo o lado), então eu basicamente à duas semanas que estou a fazer turnos repartidos ao fim-de-semana, o que é horrível, porque basicamente trabalha-se 7 horas e meia por dia com 3 horas pelo meio em que não consegues aproveitar de maneira nenhuma. Dá basicamente para ir até casa almoçar, passado uma hora tenho de jantar e depois ir para o trabalho até às 23h30, é completamente exaustivo e três dias seguidos assim dá comigo em louca. 

Esta semana também estive desde 6ª feira até domingo assim neste horário porque tive uma colega de férias e para a semana (curiosamente) vai ser a mesma história - o fim-de-semana vai totalmente para o esgoto. Não consigo estar com a minha família, nem amigos, namorado, nada... apenas trabalho. Não têm sido dias fáceis, para a semana veremos.

Começo-me a aperceber que quem está ali à meia dúzia de meses tem que se sujeitar sempre, o que não é nada justo.

Agora é aproveitar bem estes dias o melhor possível até chegarem os dias malditos novamente. 

E é assim, welcome to the real life !

C.C

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela tua visita! Responderei a todos os comentários na respectiva publicação.

C.C