expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sábado, 16 de dezembro de 2017

Christmas | Sugestões de presentes até 10€


OiOii!

Espero que esteja tudo bem com vocês ! 


Espero ainda ir a tempo de vos dar uma ajuda com os presentes de Natal; acredito que não seja a única pessoa que ainda não fez todas as compras de Natal ! Trago-vos algumas sugestões  de presentes até 10€ de lojas e categorias diferentes, pensadas com muito carinho e olhem que encontrei coisas lindas ! Vamos ver??

- Coffret, The Body Shop - 10€
(creme de mãos e bálsamo de lábios)

Pack de gel de duche, The Body Shop
10,00€



- Headphones, Jumbo BOX
Qilive, 9,99€

AUSCULTADORES QILIVE:AZUL Q.1537 / 863303

A Loja do Gato Preto, Caixa Barroca - 4.95€

27958232_1.jpg

Manta polar, Loja Espaço Casa, 9,95€ (promo)


Jarra em video, loja Espaço Casa, 4,95€



Espero que tenham gostado *
 Boas compras :)

C.C

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

New In #103 | Espaço Casa, Aliexpress, Primark, Jumbo, Goodmart


OiOii!!

Tudo bem por aí?

Decidi trazer-vos as minhas últimas aquisições porque sei que como eu, há por aí muita gente que adora ver posts de comprinhas giras e baratinhas *-*
Ando na onda da decoração aqui de casa e a juntar a esta época festiva que todagente ama, trago também imensa coisa relacionada com o Natal, só ajuda ao consumismo não é? Mostro-vos imensa coisa tanto de lojas físicas como online, nomeadamente do Aliexpress. Desde que comecei a fazer compras no Aliexpress, nunca mais quis outra coisa !

Espero que gostem! Em baixo têm uma listagem com os preços de todos os artigos separados por loja.

Estes pratos lindos são do Espaço Casa; o dourado para fazer o meu centro de mesa para o Natal e o prateado para colocar os perfumes no toucador. Depois mostro-vos o resultado final de ambos :3

Esta manta linda foi um mega achado, comprei-a para cobrir o assento do sofá. As velas douradas são para o centro de mesa :3

Coisas quentinhas nunca são demais ! Pantufinhas, meias e pijama polar :3

A louca dos batons da Primark ! Descobri que tinham imensas cores novas que tive de as trazer !!


Coisas lindas para tornar este Natal lindo e especial ! 
Já não tinha ideia de comprar nada sem ser as pinhas pequenas e os ramos com folhas para fazer o centro de mesa mas depois encontrei estas coisinhas tão lindas e baratinhas que não resisti :3

Os brincos são bem pequenos, mais pequenos que os da Parfois e da Primark.



Estas telas foram um mega achado no Aliexpress; vou utilizá-las para decorar o espaço da varanda. Vou colocá-las numa moldura fininha, bem minimalista e decorar a varanda com elas. A bola encomendei para colocar feno aos porquinhos da índia (que para quem ainda não sabe, estão em gaiolas separadas).

Espaço Casa
Pack 4 velas vermelhas - 1,95€
Pratos decorativos - 1,95€ cada
Ramo de flores artificiais - 4,95€

Primark
Pijama polar - 9,00€
Pack bolas de natal pequeninas - 2,00€
Pack de meias - 2,50€ (promo)
Unhas postiças - 1,50€
Gorro de pai natal - 1,50€
Luzes LED - 3,00€
Pantufas - 6€ 4,00€ (promo)
Bota de Natal -3,00€ (esqueci de tirar foto mas é igual ao gorro de pai Natal, vermelha com pêlo branco)
Calças roxas escuras (jeggings)- 9,00€
Collants pretos- 5,00€ 3,00€
Pack elásticos - 1,50€
Batons em stick - De 1,30€ a 2,00€.

Jumbo - Almada
Prato decorativo de natal - 2,99€
Grinalda prateada - 0,99€
Pack 2 velas douradas - 2,
Spray de neve para árvore de natal - 1,99€
Manta polar - 2,99€

Goodmart e outras lojas de chineses
Guizos prateados pequenos - 1,15€
Rolo de fita dourada + laços já feitos - 1,50€
Rolo de fita branca para embrulhos -0.75€
Grinalda - 3,25€
Guardanapos - 1,35€
Toalha de mesa vermelha (natalícia) 90x90 - 4,50€
Embalagem de 6 pinhas pequenas- 0,70€

Aliexpress.com
Brincos - 0.86€ cada par
Bola para colocar feno - 1.79€
Telas - 15x20 - 1,42€/cada

Espero que tenham gostado ****

C.C

domingo, 3 de dezembro de 2017

Christmas ! Sugestões de presentes até 10€ (Na Primark) !


OiOii maltinha!

Tudo bem aí desse lado?

Pois é, estou de volta ao trabalho; as minhas duas semaninhas de férias chegaram ao fim. Foram dias propositadamente marcados para descansar (já estava a precisar desde Fevereiro), relax e tratar de algumas coisas aqui por casa como vocês sabem. Hoje trago-vos uma ajudinha como já tem sido hábito aqui no blogue nos anos anteriores; com algumas ideias para presentes visto estarmos na época do Natal, tipo literalmente estamos em contagem decrescente!!

Se quiserem consultar as ideias de presente anteriores, cliquem aqui para verem a lista do ano passado.

As ideias que vos trago são coisas que eu pessoalmente gostei porque são lindas, económicas e sinceramente eu própria não me chateava nada em receber. São ideais que servem para aquele amigo/amiga, familiar, colega, amigo secreto ou  para aquela pessoa que vocês gostam e não fazem ideia do que oferecer mas mesmo assim querem agradar sem gastar demasiado. Tenho a dizer-vos que me entusiasmei demasiado com a Primark (quem nunca?) e por isso esta será a parte I com artigos exclusivos da Primark e haverá uma parte II com artigos de outras lojas. :)

Vamos então ver as minhas sugestões? :3


Para os fãs de canecas amorosas !!
Gingerbread Cookie Holder Mug

Caneca, Primark - 5€

Para os verdadeiros fãs de Harry Potter ! (Tipo eu)

Almofada Harry Potter

Almofada, Primark - 8€
Harry Potter Shopper Bag

Saco, Primark - 4€

Almofada linda, fofa e maravilhosa !
Grey Fluffy Heart Cushion

Almofada, Primark - 8€

Sempre quentinho !

Gorro canelado com pompom

Gorro, Primark - 3€

Uma necessaire para guardar, tipo tudo !

Gold Beauty Makeup Bag

Necessaire, Primark - 6€

Espero que tenham gostado ****

C.C

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Review | Unhas postiças, Primark



Oioiii!

Tudo bem aí desse lado??

Hoje trago-vos uma review de um artigo que já comprei à meses mas só à uns dias é que me decidi em testar; falo-vos das unhas postiças da Primark. Informo já que nunca tinha experimentado unhas postiças na minha vida, foi a minha primeira vez. Optei por umas unhas stiletto em vermelho, chamaram-me a atenção pela cor e pelo seu formato se bem que acabei por as cortar porque elas além de pontiagudas eram demasiado compridas e no dia-a-dia não me iam dar jeito nenhum.


Podem ver no dedo indicador o formato original das unhas que é o stiletto e as restantes já depois de cortadas e limadas para o formato quadrado (muito mais prático para mim).

O que tenho a dizer-vos sobre elas, ora, eu coloquei-as na 5ª feira à noite, super tranquilo, não custou nada, secam super rápido e aguentaram-me até ao dia seguinte intactas. No dia seguinte, lá mais para o fim da tarde fui tomar um duche e estava receosa que saltassem todas com a água quente e com o ter de esfregar/pentear o cabelo. Realmente fiquei sem uma no duche, fiquei sem a do dedo indicador mas colei-a logo a seguir e assim aguentaram. Fui a dois jantares nesse fim-de-semana (sábado e domingo) com todas as unhas impecáveis.

Uma coisa que me impressionou muito pela positiva foi a qualidade delas; super resistentes, bons acabamentos e a cola que vem na caixa é incrivelmente boa. A unha cola super rápido basta pressionar uns 5 a 10 segundos e está feito.

Tenho a dizer-vos que tenho feito tudo normalmente aqui em casa, desde lavar a loiça (com a água a correr),  pôr roupa a lavar; estender roupa, etc e nada de saltar unhas.
Elas aguentaram todas super bem por dias (4 a 5 dias); removi-as hoje porque quis mudá-las porque entretanto vou voltar ao trabalho na próxima quinta-feira e quero fazer uma coisa mais simples.

Para quem não sabe, para as remover é também bastante simples, basta colocar as pontas dos dedos dentro de uma taça com água quente e com o auxílio de um pau de laranjeira ou algo parecido vai-se levantando a unha a toda a volta até que ela acaba por se soltar.


Penso que para primeira vez não me saí nada mal. E vocês?? Já utilizaram unhas postiças ou têm curiosidade? Eu cá vou voltar a fazer, amei o resultado :)

C.C


sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Sobre mim | Crescimento pessoal/Profissional e a área de formação.


Oioi !

Tudo bem?

Hoje decidi trazer-vos um assunto um pouco mais sério; mais introspectivo,  pessoal e até intimo; porque às vezes é isto que nos faz falta, de certo modo desabafamos e acabamos também por ajudar alguém; e aqui no blogue faz todo o sentido. Notei que naquele espaço de meses após me ter licenciado, pouco tempo depois até desabafei sobre as dificuldades que estava a sentir,  sobre as fracas perspectivas de futuro; no complicado que estava a ser em arranjar trabalho na minha área de formação. Depois mais tarde, a dificuldade já era a de arranjar trabalho em qualquer outra área que fosse; restauração, manutenção, limpezas, etc (tal era o desespero e a necessidade de me sentir útil e capaz). Hoje olho para trás e noto que não cheguei a falar-vos sobre a minha posição quanto à situação de milhares de pessoas que como eu, estudaram mais do que o ensino obrigatório, seguiram uma área, licenciaram-se e não chegaram a exercer.

Foi em 2015 que concluí a minha licenciatura na área de Artes e do Património; e foi nesse ano em que começou a guerra por que todos nós passamos a certa altura da nossa vida que é a de entrar no mercado de trabalho. Não foi fácil, lembro-me de ter acabado o meu curso por volta do mês de Julho se bem me recordo e só no final de Novembro ter arranjado o meu primeiro trabalho. Consegui o meu primeiro emprego a full-time numa conhecida loja de cosméticos. Era época de Natal, as ofertas de trabalho nesta altura do ano, por norma, fervilhavam e eu já no modo de desespero, disparei currículos em todas as direcções; basicamente andei de loja em loja a entregar pessoalmente o meu currículo, maioritariamente em lojas de roupa/ cosméticos e sapatos e muitos outros enviados online

Tanto andei que lá arranjei esse trabalho, cujo objectivo inicial até era para embrulhar presentes (somente) e acabei por ficar como vendedora porque uma das raparigas que tinha sido seleccionada para vendedora tinha desistido. Passou-se a altura louca do Natal e lembro-me que uns 2 ou 3 dias antes da passagem de ano, saí. Não tinha sido seleccionada para continuar a trabalhar lá e na altura lembro-me que fiquei um bocado desiludida porque no fundo era um murro no estômago; era aquela sensação horrível de: - lá vou eu novamente passar os meus dias em casa a enviar currículos para tudo quanto é sítio sem receber resposta; e ao mesmo tempo, eu não me imaginava a trabalhar ali por meses e meses a fio. Era uma loja minúscula dentro de um centro comercial e ter de andar a impingir produtos o dia inteiro não era de todo o meu sonho. Lá me resignei e logo em Janeiro de 2016 comecei a tirar a carta de condução, tinha todo o tempo do mundo para me dedicar ao código da estrada mas a procura de trabalho não parou. Nada mudou a não ser o meu desespero que continuava a aumentar a cada semana que passava em casa sem ver uma luz ao fundo do túnel. Lá tive eu de começar a alargar horizontes; candidatei-me a uns quantos concursos públicos de emprego, a entregar currículos em todo o tipo de restaurantes, cafés (coisa que ainda não tinha feito).

     Foi então seis meses depois, no início de Junho desse ano que me responderam a uma candidatura espontânea que tinha feito para trabalhar um restaurante de uma cadeia de fast food. Na altura fiquei radiante, não era de todo o meu trabalho de sonho, sabia que ia ganhar mal, mas olhem, a alegria era imensa porque o que eu mais queria era arranjar um trabalho independentemente de ser a fazer o que quer que fosse. Estava farta de estar em casa e sem receber nada e qualquer oferta naquele momento era o ideal. Como devem imaginar; a minha vontade/necessidade de arranjar trabalho/dinheiro/estabilidade/independência estava ao rubro e por isso, trabalho é trabalho, muito ou pouco sempre dava para pagar o passe que também não era assim tanto visto estar pertinho de casa e dava para comprar qualquer coisa de vez em quando ou pôr algum de lado enquanto tirava a carta e o excelente na altura foi que tinha a escola de condução a 3 minutos a pé desde o trabalho.
     Por lá fiquei até ao inicio do ano seguinte; acabei gozando as minhas merecidas férias no final desse mesmo ano, em Dezembro e acabei por viajar até Londres.

Escusado será dizer que eu passados dois meses de lá estar a trabalhar já só queria era arranjar outra coisa o mais rapidamente possível. A vontade que senti muitas vezes era a de virar as costas e vir-me embora, principalmente nos últimos 4/5 meses que aquilo estava a ficar insuportável mas a necessidade de me manter "independente" o quanto possível dinheiro, a experiência profissional e o de manter uma ocupação (para não dar em  maluca em casa) falava mais alto e eu não sou, nem nunca fui pessoa de desistir. Tinha bem presente que só me iria embora quando arranjasse algo melhor; seguro e assim foi, aguentei até ao fim.

O resto da história vocês já sabem; muito resumidamente saí do restaurante onde ganhava miseravelmente mal e fartava-me de trabalhar, fazia tudo, atendimento, limpezas pequenas, limpezas a fundo, fazia os pedidos, era copeira, tudo! Só no final de Fevereiro é que saí para trabalhar num hostel  na zona da Baixa-Chiado em Lisboa e foi a minha primeira e melhor experiência profissional na vida. 

O que tenho a transmitir-vos com tudo isto é que agora, olhando para trás; recordo-me de ter sentido revoltada, chateada, triste e literalmente na lama porque os meus pais fizeram um esforço do caraças para que conseguisse concluir o curso ainda por cima longe de casa, o que obrigava a um custo acrescido além das propinas, as deslocações. Além das propinas ainda tinha de pagar mais de 100€ em passe todos os meses, felizmente lá consegui no 2º ano de curso a bolsa de estudo.
Lamento o facto de hoje olhar para trás e sentir-me como se tivesse perdido ali 3 anos da minha vida a fazer algo que hoje não me valeu de nada e sentir que fiz um esforço financeiro e não só, simplesmente para andar a brincar às praxes e fazer uns trabalhos para passar às cadeiras para no fim ter um canudo na mão.  É claro que conheci gente espectacular e aprendi umas quantas coisas e cresci bastante enquanto pessoa e isso ajudou-me muito a nível profissional, mas em termos práticos a realidade é esta, o canudo não me serviu de nada. Com isto assumo que não faço intenções de trabalhar na minha área: aliás, trabalhar na minha área é  neste momento e na altura já o era, uma anedota sem piada nenhuma (se é que me entendem); o trabalho é precário. A minha área infelizmente é toda à base do voluntariado ou dos estágios e trabalho remunerado que é bom, zero.

Como por vezes há males que vêm por bem; foi com esta treta do restaurante de fast food que senti a necessidade de arriscar (afinal eu não tinha nada a perder, não é verdade?); estava na casa dos meus pais por isso podia bem arriscar;  se ficasse sem aquele trabalho não era a pior coisa do Mundo se fosse para arriscar por algo melhor, algo que fizesse sentido e que me fizesse sentir realizada e que ali tivesse melhor perspectiva de futuro. Foi depois disto que arrisquei em hotelaria; área que eu desconhecia profissionalmente porque nunca tinha trabalhado na área mas que nunca esteve fora de vista mas talvez por receio e por não ter tido qualquer contacto não tinha arriscado e lá tive a sorte de ter enviado uns quantos currículos e um dos sítios para onde me candidatei me contactou a marcar entrevista.

Com este texto enorme o que vos quero transmitir é que eu comecei por baixo; comecei como lojista; de lojista a ajudante de cozinha, de ajudante de cozinha a recepcionista de um hostel; de recepcionista de um hostel a apaixonada recepcionista de 2ª; num prestigiado hotel em Lisboa (pelo menos gosto de pensar assim ahahah); pronta para embarcar numa nova aventura ali ou noutro lugar após um ano e meio de muita luta e crescimento pessoal e profissional. Amo o que faço e não quero mudar.

Desde que encontrei a minha vocação que não tenciono de forma nenhuma trabalhar na minha área de formação. É algo que está completamente fora do baralho porque me sinto feliz, realizada, melhor valorizada e por aqui posso continuar a crescer e quem sabe até mudar de departamento (eventos, backoffice, etc).

E vocês? Qual é a vossa história?

C.C

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Diário da obra | Arrecadação


OiOii!

Tudo bem?

Hoje trago-vos mais um pequeno update de um canto aqui da casa.
Quem acompanha o blog sabe que eu tenho uma pequena divisão na varanda (um quadrado em que cabe uma máquina de lavar roupa com algumas prateleiras por cima e pouco mais de uma pessoa), que serve basicamente de armário/arrecadação para os detergentes e outras utilidades. Tinha planeado para estas férias arrancar as prateleiras velhas (e podres da humidade) de origem e construir algo à medida e que satisfizesse as nossa necessidades de arrumação/organização aqui em casa, o melhor possível. Lá nos dirigimos ao Leroy Merlin Almada e comprámos a estrutura escolhida, toda branca, em aço e comprámos duas tábuas bem grandes e resistentes. Tínhamos em mente as medidas e mandámos cortá-las na loja.

Arrancámos anteontem as prateleiras antigas e podres; limpámos as paredes com um pano e uma vassoura e demos uma pintura com tinta branca e voilá. Deixamos secar de um dia para o outro; no dia seguinte montou-se a estrutura em aço e hoje foi dia de dar uns ajustes às prateleiras e colocá-las na estrutura.

O Antes (improvisado)..



A zona......

A mega confusão que ficou na minha varanda... Na imagem conseguem ver as prateleiras velhas.


O depois...

Já acabei um pouco de tarde de limpar e arrumar isto por aqui; tinha a casa cheia de pó então além de varrer o chão ainda tive de o lavar e ele está a demorar séculos para secar; por isso já estava escuro quando fui tirar as fotografias para vos mostrar. Amanhã actualizo com fotografias melhores e com um bocadinho de luz do dia (esta pequena divisão não leva com muita luz).


Consegui mais prateleiras e maiores, logo, mais espaço e organização. Tenho tudo o que necessito à mão como os detergentes e coisas da cozinha (papel higiénico, guardanapos, detergentes, ração e feno dos porquinhos, tábua e ferro de engomar) e o resto está guardado mais para cima (caixas com coisas).

O que é que vocês acharam? Não parece muito bonito na fotografia mas acreditem que o funcional é que é importante e isso está garantido. A qualidade da imagem (foto c/flash) não está grande coisa mas amanhã com a luz do dia consegue-se melhor.

C.C

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Photo of the day #104 | Christmas is here



OiOii !

Tudo bem desse lado??

Vim só mesmo aqui contar-vos e mostrar-vos as últimas novidades que têm acontecido aqui por estes lados. Eu e o J. montámos finalmente a nossa árvore de Natal ontem à noite depois de virmos do cinema. Fomos ver um filme absolutamente incrível; as Sete Irmãs. Façam o favor a vocês mesmos e vão ao cinema vê-lo, é absolutamente maravilhoso.

A tradição aqui por estes lados costuma ser de se montar a árvore no primeiro dia de Dezembro que supostamente é feriado; mas como já sabia que não iria ser possível conciliar com a folga do J. e eu sinceramente estava ansiosa por fazê-la o quanto antes; lá a montámos ontem. A ideia inicial era tê-la toda em prateado e somente uns apontamentos em azul mas como tínhamos enfeites prateados suficientes, optámos por a deixar toda de igual. Está toda prateada e somente alguns apontamentos em branco (que faziam já parte do pack do IKEA).

Já tinha em mente o que pretendia; misturar diferentes elementos (fugir à ideia somente das bolas). Ela está toda decorada com a grinalda e bolas (brancas e prateadas) do IKEA e do Jumbo (compradas à unidade); pinhas, luzes, grinaldas farfalhudas e a estrela também do Jumbo; os flocos de neve da Primark e os guizos da Leroy Merlin. Coloquei também umas mini pinhas cinzentas que vinham no pack de decorações azuis do Jumbo.



p.s: Houve um pequeno acidente com os flocos de neve da Primark, comprei duas caixas c/ 8 flocos e uma das caixas tinha os flocos completamente colados... Fiquei extremamente irritada, basicamente guardaram os flocos sem estarem bem secos; ao tentar descolá-los, ia partindo tudo.. Consegui aproveitar alguns enfeites mesmo estando incompletos e outras acabei deitando fora.


Estou super feliz; ficou exactamente como eu queria. Com coisas daqui e dali, sem se gastar horrores consegue-se resultados lindos. E vocês, o que acharam? :3

C.C